Startup – Tudo o que você precisa saber

Startup é o termo usado para empresas que estão em início de construção de seus serviços, de ideias inovadoras e desenvolvimento de novos produtos com capacidade para crescer rapidamente no mercado. Este termo nasceu nos Estados Unidos e começou a ficar popular no Brasil a partir de 1996.

 

Geralmente, são empresas construídas por pessoas jovens e de áreas diversas, seja de marketing, engenharia, etc. Neste artigo, você vai conhecer os tipos de Startups existentes no mercado e formas de conseguir investimento para iniciar a sua. 

 

Small-Business Startups

 

Este modelo de Startup é feito por empreendedores sem muito experiência de mercado e administração. São pessoas que comandam toda a empresa e não possuem um grande interesse em aumentar o negócio. Seu principal objetivo é movimentar a economia do local onde a startup está localizada.

 

Lifestyle startups

 

O nome já diz um pouco sobre o que se trata este modelo. Ele é movido por pessoas que amam o que fazem, visando randa, entretanto sem deixar o prazer pelo que trabalho de lado. 

 

Scalable Startups   

 

Startups criadas para ter um crescimento super rápido, com modelos de negócios escaláveis, como o próprio nome sugere. Este tipo de startup, atrai principalmente investidores corajosos e que apostam sem receio em uma ideia inovadora, pois acredita nela. 

 

Social startup

 

Um modelo de Startup pensado em fazer a diferença na sociedade, através de ideias inovadoras. Este modelo pode ter fins lucrativos ou não. 

 

Large-company startups

 

Uma grande empresa já consolidada no mercado percebe que precisa inovar e se reinventar para competir com os demais modelos existentes no mercado é chamado de Large-company startups.

 

Como buscar e conseguir investimento para abrir uma Startup

Vamos supor que você já tenha uma ideia e um modelo de negócio pronto, portanto, é chegada a hora de conseguir investimento para construir sua Startup. Se você possui investimento próprio, excelente, a partir daí é começar a trabalhar e investir. Caso não o tenha, veja algumas formas de consegui-lo: 

 

  1. Financiamento coletivo (Crowdfunding);
  2. Investidor anjo – Pessoas que investem seu próprio capital em Startups que acreditam ter um grande potencial de retorno financeiro;
  3. Procurar por aceleradoras e incubadoras;
  4. Capital de risco – é quando uma pessoa que tem uma empresa, decide comprar uma parte das ações da sua startup com o intuito de estimular seu crescimento. Se no futuro, estas ações foram valorizadas, a pessoa opta por revender sua parte.

 

Para se tornar um empreendedor(a) e abrir sua Startup é  preciso se aprofundar ainda mais nas questões aqui citadas. Portanto, se você deseja ter sucesso com seu negócio, comece se informando muito e buscando parcerias. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: