Dicas de como fazer um bom Networking

Existe uma teoria chamada de “seis graus de separação” originada em um livro de ficção, bem antes de existir as mídias sociais. Ela foi criada em 1929 por um escritor húngaro no livro Tudo é diferente e ela tem muito a ver com Networking. Quer saber o por quê? Continue lendo e descubra.

 

O que diz essa teoria?

 

Essa teoria diz que todas as pessoas estão interligadas por um pequeno número de conexões, na maioria das vezes sem fazer ideia. Segundo uma matéria da revista Super Interessante, em 2016, o Facebook resolveu aplicar a teoria de “seis graus de separação” na prática. O resultado apontou através de algoritmos e cruzamentos de dados que existe uma média de 3,57 a 4,57 graus de separação entre você, Rihanna, o Papa e um escritor desconhecido do interior do Rio de Janeiro. Surpreendente, não é mesmo?

Se estamos tão interligados assim uns com outros, principalmente com o aumento das mídias sociais, então como fazer novos contatos profissionais e manter essa rede de contatos?

Confira agora nossas dicas!

 

Construa uma rede de qualidade

 

 

O significado de Networking basicamente é uma rede de relacionamentos entre pessoas que dialogam e trocam ideias e conhecimentos entre si. Para construir uma rede de contatos de qualidade, não basta ir a eventos e sair distribuindo cartões de visitas. É preciso que você se prepare e saiba além de conversar, ouvir o que o outro tem para dizer.

Após isso, uma boa ideia é pedir o LinkedIn ou e-mail da pessoa e adicioná-la para continuar mantendo contato e trocando novas ideias. Claro, troque o seu cartão de visita. Ele ainda é válido e faz com que a pessoa lembre de você.

Tenha em mente que focar na qualidade da sua rede de contatos é muito melhor do que focar em quantidade. Pois um único bom contato, pode te oferecer uma excelente proposta de parceria, por exemplo.

Vá a eventos

 

 

Seja uma pessoa atualizada sobre os eventos da sua área de atuação, não basta ir em um evento uma vez por ano. Procure por eventos, como uma palestras, happy hour ou uma roda de conversas em páginas como Facebook, LinkedIn e Instagram.

Se você é freelancer, que tal trabalhar alguns dias em um CoWorking? Não há dúvidas, que você terá a oportunidade de conhecer diferente tipos de profissionais.

 

Faça contatos online

 

 

Saiba fazer bom uso das mídias sociais. Não saia adicionando pessoas somente por adicionar em redes como o LinkedIn. Adicione profissionais que realmente produzam conteúdo que seja interessante e que tenha a ver com um projeto que você está trabalhando, com a sua área de atuação ou tenha amigos em comum.

 

Crie conteúdo

 

 

Crie conteúdos relevantes com base em assuntos que você domina e seja da sua área. Divulgue esse material através das mídias sociais. Pode ser um texto, vídeo, fica a seu critério.

Uma boa sugestão é também criar projetos interessantes, que tenham potencial de fazer diferença. Apresente-o para pessoas que possam te ajudar a divulgá-lo e fazê-lo crescer.

 

Mantenha contato

 

 

Saiu de uma empresa para uma oportunidade melhor de trabalho? Não perca o contato com seus antigos colegas e chefes! Mantenho-os atualizados sobre como anda sua vida profissional, eventualmente pergunte sobre como está a empresa que você trabalhou e dê conselhos se for necessário. Desta forma, as pessoas também se sentirão mais à vontade de te mandar uma mensagem vez ou outra.

 

Mas sou tímido(a), e agora?

 

 

Se você é do tipo de pessoa mais introvertida, procure antes de chegar a um evento, por exemplo, fazer um breve contato online com algumas pessoas que estarão presentes. Ou tente levar uma pessoa próxima que possa fazer um contato intermediário entre você e o outro.

Além disso, pense em assuntos que você fica mais à vontade para conversar, assim na hora do evento ficará mais fácil de iniciar um bate-papo.

Agora que você já tem um caminho em mãos, comece a construir seu Networking!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.